Wesley de Alcântara Almeida é suspeito de ser um dos autores do crime de extorsão mediante sequestro contra um funcionário de uma instituição financeira em Santa Luzia.

Wesley de Alcântara Almeida permanecerá à disposição da justiça no presídio de Açailândia — Foto: Divulgação/Polícia
Wesley de Alcântara Almeida permanecerá à disposição da justiça no presídio de Açailândia — Foto: Divulgação/Polícia

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) com apoio da 9ª Regional de Açailândia, a 562 km de São Luís, prendeu na quarta-feira (22), em Açailândia, Wesley de Alcântara Almeida por ele ser suspeito de participar de uma associação criminosa com atuação no Maranhão.

Segundo a polícia, Wesley de Alcântara é suspeito de ser um dos autores da prática do crime de extorsão mediante sequestro contra um funcionário de uma instituição financeira na cidade de Santa Luzia, a 294 km da capita, ocorrido em abril deste ano.

De acordo com a polícia, o preso é suspeito de ser integrante de um grupo criminoso especializado na prática de roubos em diversas modalidades, dentre eles o “sapatinho” com atuação nos estados do Maranhão e do Pará.

A polícia diz que durante investigações foi constatado que Wesley de Alcântara foi preso em flagrante recentemente em Açailândia após ser flagrado com uma pistola calibre 9mm, de fabricação tcheca, considerada uma arma de fogo de uso restrito.

Wesley de Alcântara Almeida era foragido do estado do Pará e possui uma vasta ficha criminal pela prática de diversos crimes nos estados do Maranhão e Pará. Ele permanecerá à disposição da Justiça no presídio de Açailândia.

Fonte: G1 MA

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor, deixar cometário.
por favor, digite o seu nome