Em pleno dia do massacre numa escola estadual de Suzano, no interior de São Paulo, funcionários de uma escola em Timon tomaram um grande susto.

Foto/Reprodução

Uma criança de 11 anos de idade invadiu a Escola Municipal Paulo Freire, no bairro Cidade Nova, e em posse de um estilete, ameaçou professores e funcionários na tarde de ontem,  quarta-feira (13).

O vigilante da escola disse que o menor pulou o muro para ameaçar as pessoas na escola. “Eu vi alguém batendo no portão, quando saí para olhar não vi ninguém, aí volto para o lugar onde estava sentado. Após um tempo vi as mulheres correndo, foi quando percebi que ele pulou o muro e correu atrás do pessoal armado com um estilete. Ele é acostumado a andar no local pedindo merenda, é um drogado”, disse o vigilante.

Foto/Reprodução

Segundo testemunhas, a criança estava sob efeito de drogas. A Polícia Militar do município foi acionada, mas ao chegar a escola, o menor já havia fugido. As primeiras informações repassadas para a polícia foram de que havia um menor armado com revólver e um grande aparato policial foi descolado à escola.

“Se tratava de um menor que tem um problema psicológico, inclusive é usuário de drogas, acabou pegando um estilete e ameaçando uns funcionários e professores, mas nós já temos a presença do Conselho Tutelar que vai entrar em ação para fazer as medidas preliminares com acompanhamento familiar”,declarou o tenente coronel Schnneyder, comandante da Polícia Militar de Timon.

Foto/Reprodução

Apesar do alvoroço, ninguém saiu ferido. O Conselho Tutelar foi acionado para as devidas providências.

Fonte: sueldasantos.com.br com informações da polícia militar de Timon, Bom Dia Meio Norte e Piauí Hoje

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor, deixar cometário.
por favor, digite o seu nome