Escola Municipal Getúlio Vargas localizada em Córrego Novo, zona rural de Açailândia, não faz parte da relação das escolas que serão reformadas autorizadas pelo prefeito Juscelino Oliveira. Por quê? Foto: Assessoria Vereador Márcio Aníbal.

DIPLOMAÇÃO

O agora deputado estadual Pastor Cavalcante, que será o legítimo representante de Açailândia na Assembleia Legislativa do Estado, foi diplomado na tarde desta terça-feira (18), no Centro de Convenções Governador Pedro Neiva de Santana, na capital do Estado.

POSSE

A solenidade de posse dos deputados estaduais eleitos para o quadriênio 2018/2021 está marcada para o dia 1º de fevereiro de 2019 e segundo o cerimonial, acontecerá pela parte da manhã, na Assembleia Legislativa do Estado.

COMPLICOU

O não repasse dos recursos que deveriam por lei estarem depositados nas contas do Ipsema está causando um verdadeiro ‘rebuliço’ nos bastidores políticos, jurídicos e sindicais. O caso é sério e estima-se em mais de 30 Milhões de Reais o débito da Prefeitura para com a autarquia que tem a responsabilidade de ‘cuidar’ da vida dos funcionários públicos quando estes se aposentarem.

MAIS…

Os funcionários públicos, agora cientes deste ‘rombo’ nas contas do Ipsema, prometem endurecer o jogo e é bem provável que aconteça uma greve geral já no início do próximo ano.

CASSAÇÃO

Em Assembleia Geral, os funcionários públicos reunidos no auditório do Sintrasema, Sindicato da categoria, exigiram um posicionamento da Câmara de Vereadores que, ao que parece, dorme em berço esplêndido, sem querer tomar para si tamanha responsabilidade. Porém, é bom que se diga que esta é uma responsabilidade da Câmara de Vereadores que são, por Lei, os legítimos representantes do povo e fiscais dos atos do Executivo.

PERGUNTA-SE

O que a maioria dos funcionários públicos não entende é: por que um dinheiro que é descontado mensalmente dos contra-cheques deles simplesmente ‘vira fumaça’. Não seria obrigatoriamente repassado imediatamente à conta do Ipsema assim que o funcionalismo fosse pago? O que é isso? Apropriação indébita? Com a resposta o Ministério Público Estadual.

DEBATE

Alunos do Senac participaram na manhã de segunda-feira (17) no auditório da Associação Comercial de Açailândia de um debate interessante cujo tema era: Ética e Cidadania, coordenado pela professora Márcia Castelo Branco, entre os presentes representantes da Rádio Marconi FM (Jorge Quadros), da OAB (Dr. Ubaldo), do Conselho Tutelar (Edna e Terezinha), da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Cleones), da Liga Esportiva (Carlos Augusto), da Mídia Digital (Maicon Sousa), Da Associação dos Deficientes e Surdos (Hélia Soares) , entre outros. Parabéns pela iniciativa! O debate foi em alto nível e muita coisa foi esclarecida aos alunos como as coisas realmente funcionam na prática.

REFORMA

A Prefeitura de Açailândia anuncia a reforma da “gigantesca’ Escola Municipal Fernando Rodrigues no valor de R$ 910 mil reais. Na nota a assessoria informa que as obras estão em ritmo acelerado.

TAMBÉM

Na mesma nota a informação de que o Prefeito Juscelino já autorizou ao início de reformas de mais 13 escolas municipais. Nessa relação não consta a Escola da comunidade de Córrego Novo que está em precária situação.

DESMANCHE

Proprietários de motocicletas estão preocupados com os inúmeros furtos e roubos de motos que estão acontecendo na cidade e “desmanchadas” em algum lugar da cidade. É preciso que os moradores fiquem atentos e denunciem à polícia qualquer suspeita de lugar ou lugares onde isso esteja acontecendo. Donos de oficinas também podem denunciar os bandidos que os procuram para vender peças. Receptação é crime e também dá cadeia!

LIXO

A falta de coleta de lixo de forma sistemática está causando uma série de transtornos aos moradores de Açailândia, principalmente dos bairros periféricos onde os carros coletores tem dificuldade de chegar devido a situação das ruas. Neste período então complica ainda mais…Muitos moradores estão com vergonha de receber visitantes em suas casas porque os montes de lixo e a ‘fedentina’ estão cada vez maiores.

RECLAMAÇÃO

Quem coleta o lixo reclama dos moradores. Os moradores reclamam da falta de coleta. O problema é que sem dias corretos para fazer o recolhimento e a quebra constante dos veículos coletores fazem com que os moradores sejam obrigados a colocarem o lixo nas calçadas e, muitas vezes nas esquinas. Os montes de lixos registrados por nossa reportagem demonstra que a coleta não é feita como deveria ser. Lamentável!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor, deixar cometário.
por favor, digite o seu nome