Órgão de vigilância teria encontrado aditivo alimentar proibido no país

Aditivo alimentar ractopamina é proibida na Rússia
Aditivo alimentar ractopamina é proibida na RússiaREUTERS/Malcolm Foster 12.10.2017

O órgão de vigilância agrícola da Rússia está considerando proibir toda a importação de carne suína e bovina do Brasil após encontrar o aditivo alimentar ractopamina em alguns embarques, disse à Reuters na quarta-feira (16) a porta-voz do regulador, Yulia Melano.

A ractopamina é proibida na Rússia, embora alguns países considerem que é segura para consumo humano.

A Rússia, atualmente negociando com o Brasil sobre o início das exportações de trigo, usou preocupações sobre a ractopomina no passado para alavancar sua posição em negociações com outros países sobre outros produtos.

O órgão regulador deverá tomar uma decisão sobre uma proibição até o final desta semana, disse a porta-voz.

Não foi possível contatar um representante do Ministério da Agricultura para comentar o assunto.

Faça um comentário

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor, deixar cometário.
por favor, digite o seu nome