31 C
Açailândia,MA
terça-feira, outubro 17, 2017
Início Polícia Polícia: Paragominas-PA- Acusado como mandante do assassinato de ‘Dona Augusta’ deverá se...

Polícia: Paragominas-PA- Acusado como mandante do assassinato de ‘Dona Augusta’ deverá se apresentar hoje

Por
img 20170822 wa0071   copia 300x300 - Acusado como mandante do assassinato de 'Dona Augusta' deverá se apresentar hoje
(Divulgação Polícia Civil)

De acordo com informações do Advogado Marco Antonio Pina, representante legal do acusado de ser mandante do assassinato da empresária e servidora pública ‘Dona Augusta’, Charles Silva, deverá se apresentar a polícia na manhã deste segunda-feira (18).

Confira a matéria do Pará News:

O empresário Charles Silva, apontado como mandante do assassinato da funcionária pública da prefeitura de Paragominas, Maria Augusta da Silva, de 62 anos, vai se apresentar a polícia na manhã desta segunda-feira, 18. A informação foi repassada , com exclusividade ao Portal Para News, pelo advogado Marco Antonio Pina. Charles Silva está com prisão preventiva decretada pela justiça. O delegado e o promotor de justiça de Paragominas já foram informados que o empresário vai se entregar a polícia. Ele alega inocência. A vítima era coordenadora do setor de Urbanismo da prefeitura e avalizava projetos para a comissão de licitação da prefeitura de Paragominas. Ela também era proprietária de uma floricultura. Ela foi atingida por seis tiros que acertaram braço, costas, peito e coluna cervical. De acordo com o inquérito, Maria Augusta foi morta porque teria contrariado os interesses do empresário Charles Silva, que ganhou a licitação do Lixo da prefeitura. Os dois executores do crime foram presos na em Goiaânia. Outro envolvido, o Cabo Maurício, ex-presidiário e que estava em liberdade condicional, foi preso em Paragominas.

IDOSA FOI ATINGIDA COM SEIS TIROS

O crime ocorreu por volta das 19h do dia 15 de junho, na rua Hermes de Sousa, bairro do Angelim, periferia da cidade. Ela levou 6 tiros e foi hospitalizada. Segundo Elzisclay da Silva, filha de Maria, ela foi informada por um familiar que sua mãe foi baleada próximo a um supermercado.

Em um  vídeo, registrado por câmeras de segurança, Maria Augusta da Silva é vista saindo do supermercado, onde foi fazer compras. Quando abre a carroceria de seu veículo, 2 homens a abordam. Estão de moto e o carona atira contra ela.  Os homens fugiram logo após o crime.

Elzisclay disse a policiais civis que não sabia se a mãe estaria sendo ameaçada. Ela disse também que Maria Augusta era coordenadora da área de Urbanismo da Prefeitura Municipal de Paragominas, cabendo a ela a fiscalização dos serviços relacionados a este setor.

Faça um comentário

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor, deixar cometário.
por favor, digite o seu nome