BEC escalou um atleta a mais do limite de idade permitido para a competição


Por GloboEsporte.com, São Luís, MA

Bacabal tem intensificado preparação para Segundinha (Foto: Bacabal / Divulgação)

Bacabal tem intensificado preparação para Segundinha (Foto: Bacabal / Divulgação)

Em julgamento realizado nessa sexta-feira, pela comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão, o Bacabal foi punido com a perda de seis pontos e multa de R$ 300,00 por escalação irregular de jogador na Série B do Maranhense. Com isso, o BEC, que jogaria com vantagens na final da Segundinha, perdeu o benefício por menor pontuação que o Timon.

A equipe bacabalense utilizou um jogador a mais que o permito para atletas nascidos antes de 1994 na primeira partida da fase de grupos da competição. Como o Bacabal já havia ficado em segundo no grupo e não houve eliminações nessa parte da competição, não houve alteração nenhum nos emparelhamentos já ocorridos na Segundinha.

O Expressinho chegou a denunciar o BEC alegando que o Leão também teria utilizado atletas irregulares nas semifinais, mas o TJD-MA arquivou o caso. A Federação Maranhense de Futebol disse que aguardará o Bacabal se pronunciar se irá recorrer para marcar as datas da final da competição.

A tendência é que os jogos entre Bacabal e Timon valendo uma vaga na Série A do Maranhense aconteçam nos fins de semana subsequentes. Pelos pontos perdidos do BEC, o Timon é que quem tem agora melhor campanha e jogará por um empate no placar agregado e fará o jogo de volta em casa.

Faça um comentário

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor, deixar cometário.
por favor, digite o seu nome